5 Passos Para Criar Uma Mente Produtiva

Compreender a psicologia porque você está tão ocupado vai mudar a forma como você percebe o tempo e assim fazer você “enraizar” hábitos de uma mente produtiva.

Você se sente sobrecarregado, atrasado e estressado na maioria dos dias da semana? Você está sempre superestimando o que você pode fazer em um único dia? Você termina a maioria dos dias com uma lista incompleta de tarefas e isso te deixa insatisfeito com o seu trabalho? E com aquela sensação de que não fez o suficiente?

Soa familiar?

A maioria de nós cumpre nossos horários e têm essa crença excessiva de que, de alguma forma, podemos gerenciar tudo e fazer tudo. Mas no final, esta rotina basicamente está nos treinando para falhar. Todos os dias estamos provando a nós mesmos que não podemos seguir com as coisas que pretendemos.

Relacionado:  Como aprender com os erros

Embora o impacto seja sutil, é consistente. E a repetição é como o nosso cérebro aprende (hábito). O assustador é que esse processo está corroendo a confiança, a felicidade e o envolvimento dos funcionários diariamente.

A psicologia por trás do porquê estamos tão ocupados.

Depois de minhas experiências com produtividade, cheguei à conclusão de que não importava o sistema que usava; Eles sempre falharão a menos que eu mude minha maneira de pensar.

Comecei a cavar meu passado e pesquisar mais sobre o comportamento humano. O que descobri foi que uma das crenças mais comumente compartilhadas e temidas é “Não sou bom o suficiente” ou “Não estou fazendo o suficiente”.

Essas crenças geralmente são formadas em nossa infância quando experimentamos qualquer dificuldade ou dor. Quer se trate de divórcio, bullying ou abuso, as crianças tendem a se culpar ou se sentir responsáveis ​​pelo que está acontecendo para dar sentido à situação. Conseqüentemente, essas crenças negativas de não serem suficientemente boas são enraizadas no subconsciente e “atuando em segundo plano” para o resto de nossas vidas.

As vezes, você pode pensar que determinados “acontecimentos negativos” não te influenciaram, mas quando você começa a cavar mais fundo, vai ver que estes acontecimentos te atingiram e estão atuando em seu comportamento hoje. Basta analisar!

Como nossas crenças afetam nossa produtividade.

Infelizmente, a maioria das crenças que levamos conosco hoje foram influenciadas pela nossa infância. Nossa mente subconsciente é como um gravador que controla a maioria dos nossos pensamentos. Então, quando se aprende as crenças de “Não estou fazendo o suficiente” e “Não sou bom o suficiente”, você acaba, intencionalmente, mantendo em segundo plano, mesmo quando não estiver percebendo isso.

Então, quando chegamos à nossa mesa todas as manhãs, nosso subconsciente está dizendo: “Você não está fazendo o suficiente na vida. Você não é bom o suficiente. Você precisa fazer mais. Você precisa fazer mais. Algo ruim pode acontecer se você não estiver fazendo o suficiente “.

Para combater essas crenças negativas, estabelecemos esses objetivos irrealistas e superamos nosso calendário todos os dias com uma longa lista de tarefas. Fazer isso nos faz sentir bem todas as manhãs e nos motiva com a antecipação de todas as coisas que poderíamos conseguir nesse dia. Infelizmente, este processo quase sempre termina em um trabalho irresistível e inacabado e uma baixa autoconfiança.

Relacionado: Os 10 hábitos comprovados das pessoas felizes

O maior desafio é não importar com as vezes que acabamos “fazendo menos” e deixar de estar tão ocupado. Isso nunca funcionará porque nosso cérebro tem tanto medo de não fazer o suficiente. Ele associa “o não fazer” o suficiente com a dor que experimentamos quando crianças e faremos qualquer coisa para evitar sentir isso de novo.

Lembre-se sempre, seu cérebro é duas vezes mais motivado para evitar a dor do que encontrar prazer. Prefere que você seja miserável tentando fazer muito do que arriscar as possíveis consequências de não fazer o suficiente.

Cinco passos para criar uma mente produtiva.

1. Lembre-se que seu cérebro está enganando você.

Quando você planeja seu dia, lembre-se sempre que seu cérebro vai fazer você sentir que precisa fazer mais do que é realisticamente possível. Na parte da manhã, lembre-se disso, dê um passo atrás e tome mais tempo para  avaliar suas prioridades .

Tente escolher três prioridades principais cada dia que você se compromete a completar. Claro, você terá outras coisas para fazer, mas tudo o mais deve chegar em segundo lugar comparando com esses três. É melhor comprometer-se com três de suas prioridades mais importantes todos os dias e fazê-las muito bem com toda a sua energia do que estabelecer 10 prioridades, completar metade de seis delas, perder o resto e estressar-se .

Relacionados: 9 truques psicológicos que podem mudar sua vida

2. O efeito composto.

Ao longo de nossas vidas, criamos o hábito de assumir o máximo possível. Então perceba que fazer compromissos excessivos de um dia não vai mudar as coisas. Exige uma ação consistente a cada dia.

Para mudar nosso processo de pensamento, ele exige que pensemos consistentemente na direção oposta. Uma boa maneira de fazer isso é começar a perguntar-se todas as manhãs (exemplo): “Qual coisa eu posso tirar o meu prato hoje?” ou: o que você posso eliminar das minhas tarefas diárias, automatizar ou delegar?

3. Como dizer não.

Adote a crença de que sempre dizer “sim” leva ao estresse. A razão pela qual temos dificuldade em dizer “não” é porque tememos deixar os outros e preocupa-nos de que não seremos percebidos como competentes.

Concentre-se no fato de que você está dizendo não à tarefa e não a pessoa real. Dizer não ao trabalho ou à tarefa é muito mais fácil do que dizer não a uma pessoa. Você pode até esclarecer isso com a pessoa com a qual você está interagindo para que elas se sintam melhor sobre a situação também.

Relacionados: Como manter a calma sobre pressão

4. Admita que você provavelmente é mau na estimativa de tempo.

Compreender isso vai te ajudar a planejar seus dias de forma mais realista e não querer fazer um milhão de coisas em cada hora do dia. Eu sempre sugiro adicionar 15-30 minutos para suas prioridades maiores para o dia, apenas em caso de “transbordamento”.

5. Agende uma “zona de espaço”.

Todos os dias devem ter uma “zona de espaço” de 30 minutos a duas horas para deixar espaços para distrações, emergências e reuniões inesperadas. Nunca agende esse período de tempo. Mas certifique-se de ter uma lista principal de suas prioridades semanais que você pode escolher caso imprevistos aconteçam.

Para ser bem sucedido você deve ter uma mente produtiva, é importante tornar nossos sonhos grandes, excitantes e irrealistas. No entanto, para chegar lá, precisamos planejar cada dia o mais realista possível.

Agora Você pode mudar a forma de conduzir seu dia sem estar excessivamente ocupado.  Clique Aqui e aprenda como ter uma mente produtiva com total equilíbrio e harmonia. E sem Estresse!

Gostou dessa artigo sobre mente produtiva? Deixe seu comentário abaixo com dua opinião! 🙂

Sobre o Autor:

Um Cara Apaixonado por empreendedorismo, marketing digital e blogs. Meu objetivo aqui é impactar positivamente todas as pessoas que entram neste espaço! :)