O Efeito “Beija-Flor” de Liderança

Por que o beija-flor? Ele é o menor pássaro do mundo.

Espécies diferentes de beija-flor podem variar de cinco a vinte centímetros – sendo o menor, o beija-flor abelha –  que mede só 5 centímetros. Esse voador minúsculo pesa tanto quanto uma moeda brasileira de 10 centavos (aproximadamente 3 gramas).

É uma criatura fascinante para um pássaro tão pequeno.

Exploradores espanhóis chamavam os beija-flores de “joias voadoras”.

Os beija-flores podem voar para frente, para os lados e de cabeça pra baixo, além de flutuar  no ar. E é o único pássaro capaz de voar para trás.

As patas de um beija-flor não foram feitas para caminhar no solo, então ele prefere passar a maior parte do tempo voando.

Como suas assas podem bater 100 vezes por segundo, ele gasta muita energia, motivo pelo qual eles estão constantemente procurando néctar.

Quando não possuem uma fonte de alimento acessível ou estão dormindo, conservam sua energia entrando no estado parecido com a hibernação e flutuando no ar – o que força o seu batimento cardíaco a diminuir de 1200 batidas por minuto para 20-180 batidas.

Além disso, algumas espécies viajam de 805 a 3000 km durante a migração num voo sem paradas.

O beija-flor ruivo ruivo tem a maior migração de qualquer espécie, viajando quase 5000 km de seus ninhos no Alasca e no Canadá até seu habitat de inverno no México.

Esses pássaros minúsculos possuem uma habilidade camaleônica de se esconder ou aparecer conforme o necessário.

São capazes de exibir suas cores brilhantes ou escondê-las graças uma estrutura de penas prismáticas (a cor iridescente é criada por células prismáticas nas camadas superiores das penas).

Beija-flores também são extremamente corajosos.

São conhecidos por atacar pássaros maiores como gaviões e corvos quando invadem seu território ou se aproximam demais dos ninhos das fêmeas.

Christopher Clark, biólogo da Universidade da Califórnia, acredita que beija-flores são capazes de testar os limites do que é fisicamente possível.

Esses pássaros minúsculos,ele diz,podem aguentar acelerações de velocidade que fariam um piloto de caça desmaiar.

O cérebro de um beija-flor é pouco mais que 4% de sua massa corpórea, a maior porcentagem no reino das aves. São extremamente inteligentes: se lembram de cada flor que já visitaram e sabem quanto tempo será necessário para que produza néctar novamente.

Podem ver mais longe e ouvir melhor do que os humanos.

Enquanto seu cérebro ocupa 4% de sua massa corpórea, seu coração ocupa 30%.

É a única espécie de pássaro que pode polinizar certos tipos de flores e, ao fazer isso, preservam a beleza única da flora terrestre.

Os beija-flores são admirados na mitologia de várias culturas, e com razão. Os astecas, por exemplo, usavam talismãs em forma de beija-flor para representar energia, vigor e habilidades com armas.

Assim como um beija-flor, pequeno e discreto, uma pessoa aparentemente comum e que parece não se diferenciar da multidão pode ser um verdadeiro líder.

Na verdade, a maioria dos líderes eficientes não possuem os maneirismos ou a arrogância de um figurão.

Geralmente, tendem a ser humildes e evitar os holofotes, preferindo dar o crédito para sua equipe.

Percebem que, não importa o quão bom você seja, sempre existe alguém melhor em alguma coisa.

E eles não se limitam a contratar pessoas que são mais capazes do que eles mesmos – eles compensam e fortalecem essas pessoas.

Aqui estão as dez qualidades que formam o “efeito beija-flor de liderança”.

efeito beija-flor liderança1. Flexibilidade

As qualidades incríveis do beija-flor pode voar em qualquer direção, um verdadeiro líder sabe se adaptar.

O beija-flor não tem rival quando se trata de manobras aéreas.

Seja no estilo da liderança, na direção estratégica baseada nas mudanças de mercado ou na abordagem de solução de problemas, os líderes demonstram flexibilidade enquanto se mantêm fiéis ao propósito central da empresa.

 2. Gerência

A beleza do beija-flor está no seu voo, que pode pairar no ar ou alcançar altas velocidades. Apesar de a velocidade ser importante, um líder também sabe quando fazer ajustes, mudar de táticas, abordagens ou até mesmo diminuir o crescimento da empresa. Às vezes, é preciso “flutuar” um pouco antes de acelerar novamente. Um bom líder sabe ajustar a velocidade do “voo” conforme apropriado.

3. Agilidade

O beija-flor está sempre voando, inquieto, na sua constante procura por comida. Da mesma forma, líderes sempre procuram por inovação: nunca se contentam com seus sucessos e estão numa busca constante por melhorias, crescimento e excelência.

Líderes eficientes evitam a complacência e entendem que às vezes o maior obstáculo é o sucesso – quanto maior a empresa, mais difícil é manter a agilidade. Os líderes cultivam o ambiente necessário para a inovação e a criatividade prosperarem.

4. Pensamento estratégico

Da mesma forma que o beija-flor planeja suas longas viagens e procura por comida, líderes bem-sucedidos são altamente estratégicos.

Preocupam-se em criar estratégias que resistam ao tempo, guiados pelo propósito da empresa e pelo interesse de seus consumidores, funcionários e investidores ( não importando a dificuldade em equilibrar os três).

Uma estratégia a longo prazo bem planejada e construída corretamente não muda ao longo dos anos. No entanto, deve ser flexível o bastante para acomodar mudanças extremas no mercado e na economia.

5. Persistência

Da mesma maneira que beija-flores são capazes de migrações longas ininterruptas, líderes eficientes demonstram persistência em sua devoção ao propósito da empresa e sua visão a longo prazo, às vezes enxergando potenciais e resultados que os outros não veem.

Esses líderes não abandonam seu curso, muitas vezes ignorando críticos e pessimista. Entretanto, eles tomam o cuidado de comunicar internamente e de compartilhar constantemente sua visão durante a jornada.

Eles não deixam fracassos os definirem: preferem errar várias vezes para alcançar a excelência do que simplesmente não tentar.

6. Coragem

Grandes líderes não têm medo de proteger seus negócios e sua equipe.

Assim como os beija-flores possuem coragem para enfrentar pássaros muito maiores quando necessário, líderes eficientes estão sempre preocupados com “ameaças” internas e externas, suas forças e fraquezas. Não ficam obcecados com a concorrência; sabem o que está acontecendo, mas gastam a maior parte de sua energia em invenção e inovação em vez de tentar superar os competidores.

Grande líderes não têm medo de cometer erros e sempre dão liberdade criativa total para seus funcionários.

7. Orientação para resultados

Assim como o longo voo de um beija-flor até seu destino durante a migração, o caminho para o sucesso a longo prazo de um empreendimento é feito a partir de objetivos a curto prazo com resultados e conquista diários.

Grandes líderes criam uma cultura baseada no impacto. Mas, assim como os beija-flores possuem uma habilidade única de preservar energia quando necessário, líderes eficientes têm o cuidado de distribuir seus recursos da melhor maneira para uma longa jornada.

No processo, dão para seus funcionários a liberdade para criar e executar tarefas como acharem melhor, considerando o uso apropriado de recursos disponíveis (tanto humanos quanto financeiros) e dando a eles a capacidade de obterem sucesso.

8. Intuição

Um beijo-flor pode fazer uma jornada de 5.000 km utilizando apenas seus instintos naturais e excelente capacidade de navegação.

Às vezes equipados com dados incompletos e armados apenas com a intuição e a clareza da visão da empresa, líderes eficientes podem tomar decisões com base no instinto.

9. Caráter

Grandes líderes sempre servem aos outros em primeiro lugar. Assim, como os beija-flores, eles possuem um grande coração (e muito integridade).

São autênticos e confiáveis. Cumprem sua palavra e são transparentes nas suas intenções e comunicações.

Exigem responsabilidade de si mesmos antes de exigirem dos outros. Merecem confiança e confiam.

10. Desenvolvimento pessoal

Líderes eficientes admitem suas limitações e sempre tentam melhorar profissional e pessoalmente.

Assim como o beija-flor que muda a cor de suas penas quando necessário, líderes eficientes não têm medo de aprender e melhorar seu estilo pessoal para crescer. São pessoas confiantes que pedem ajuda e formam parcerias com aqueles que podem complementá-los de diversas maneiras.

Não se sentem bons demais para escutar a opinião alheia, pelo contrário, desenvolvem sistemas de opiniões interna e externamente para garantir que estejam sempre melhorando, e agem com base nessa opinião.

As qualidades incríveis do beija-flor podem ser vistas na beleza e na complexidade de seu voo. Assim como essa ave, líderes eficientes plantam com o propósito de servir aos outros e, no processo, alcançam níveis de sucesso sem precedentes.

Gostou do artigo sobre liderança? Deixe seu comentário abaixo.

Descubra como empreender e liderar de uma forma correta – Clique Aqui!

Sobre o Autor:

Avatar for Jader Tormen
Um Cara Apaixonado por empreendedorismo, marketing digital e blogs. Meu objetivo aqui é impactar positivamente todas as pessoas que entram neste espaço! :)